sábado, 26 de julho de 2014

WL, WGP e suas múltiplas divisões



A Liga Mundial e o Grand Prix de vôlei sofreram drásticas mudanças no regulamento a partir desse ano, com a adoção de múltiplas divisões, aumento no número gigantesco no número de participantes e promoção e rebaixamento. À primeira vista, pode ser algo para se torcer o nariz, eu mesmo me espantei quando entrei no site da FIVB por causa do inchaço das competições, mas que na Liga Mundial mostrou que, graças à separação entre divisões, aconteceu exatamente o contrário: afunilamento da competição e jogos da primeira divisão em sua totalidade bastante disputados e em altíssimo nível, mostrando que a decisão da federação foi acertada. O Brasil sentiu na pele a dificuldade da competição e quase foi eliminado na primeira fase, mas conseguiu a classificação para a fase final na bacia das almas e, no último domingo, terminou a competição com o vice-campeonato, que dadas as circunstâncias, não deve ser considerado um resultado ruim e dá esperanças para a conquista do tetracampeonato mundial na Polônia, no maior desafio do ano a ser disputado em setembro. No feminino, não deve haver grandes mudanças na primeira divisão, já que o Grand Prix durante a maior parte de sua existência foi disputado com 12 equipes, o ganho maior será para as equipes da segunda e terceira divisões, que poderão disputar competições de nível internacional com equipes parelhas, podendo desenvolver o seu vôlei ao longo dos anos. E o campeão da segundona ainda ganha, além do acesso, vaga para a fase final da primeirona. na Liga Mundial a Austrália não fez nada, mas no Grand Prix quem sabe não surge um "São Caetano" da vida no fim do mês?

(sobre a foto que ilustra o post: está disponível no site oficial da FIVB e botei ela aqui, achei ela curiosíssima, mostra a seleção da Croácia com uma jogadora chamada Senna e usando o número 1, impossível não lembrar do nosso maior esportista de todos os tempos)

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Europa quebrando tabus (2)



 Justin "Walter": melhor momento da EVO 2014
 Yoshiki é ele ou ela?

Neste domingo, pela primeira vez na história, um jogador europeu não apenas chegou na fase final do torneio de Street Fighter IV de uma edição da Evolution, a Copa do Mundo dos jogos de luta, como também venceu incontestalvemente o torneio. O francês Luffy, jogador de Rose, conquistou a glória ao vencer o japonês Bonchan(Sagat) na final, após um torneio com muitas zebras, com vexames de favoritos como Daigo, Infiltration e PR Balrog(este último também passou vergonha em Ultimate Marvel vs Capcom 3). Foi uma EVO muito disputada com partidas emocionantes, porém ligeiramente inferior à edição de 2013, por algumas falhas da organização, como por exemplo, a ausência de um terceiro canal permanente de transmissão do torneio, e o descaso com KOF XIII(vindo de americano isso não é exatamente novidade), além de que nenhum momento superou o Infiltration jogando de Hakan na edição 2013. A final de Marvel ano passado também foi melhor, apesar de...
O momento mais divertido do evento na minha opinião foi quando Justin Wong comemorou seu título na Marvel. Ao melhor estilo Walter Gordinho(aquele do Fluminense, ex-Goiás), ele literalmente "deitou e rolou" na arena.
Outra que os americanos tiveram que engolir: pelo terceiro ano consecutivo, a melhor final do evento não foi nem de um jogo da Capcom, nem de um jogo americano. Em 2012/13 foi KOF XIII. Desta vez, foi Blazblue Chrono Phantasma, onde quando sempre parecia que quando tudo estava acabado e Dogura iria vencer com seu Azrael, Garireo conseguia reagir e virava o jogo com Litchi. Ao término da final, Garireo não conteve a emoção e chorou copiosamente com a vitória, enquanto na cerimônia de premiação o vice-campeão Dogura era o único triste, era a imagem da derrota, a mesma expressão que o Messi faria poucas horas depois no Maracanã, em uma profunda manifestação da Lei de Nelson Piquet(onde o "segundo é o primeiro perdedor"). Mais não foi o único fato interessante das finais de BB: quem terminou em quarto lugar foi uma cosplay de Rachel chamada Yoshiki. Não tenho certeza se ela é mulher de verdade ou é uma Kayo Police da vida, mas se for mulher mesmo, acho que é a primeira a chegar na fase final de um torneio da EVO(torneio feminino de 2010 do Super Street Fighter IV não conta por razões óbvias); não lembro se a Kayane já conseguiu TOP 8 de Soul Calibur em alguma edição anterior do evento.

Europa quebrando tabus



Neste domingo, pela primeira vez na história das Copas dos Mundo, um time europeu conquistou a competição dentro da América, com a vitória da Alemanha sobre a Argentina por 1 X 0 na prorrogação. Assim como na Copa da África, no começo da competição a imprensa ficava com a ladainha de "Copa das Américas" por causa da eliminação precoce de seleções europeias de segundo escalão na primeira fase, porém pelo terceira vez seguida, é uma seleção da Europa que vence, cada vez em um continente diferente, ampliando sua hegemonia perante a América do Sul.
Os brasileiros ficaram tirando sarro dos argentinos por causa da derrota, porém nós não temos moral para zoá-los, nossa seleção tomou 10 gols em 2 jogos, ficou 2 posições atrás jogando dentro de casa, na nação que se auto-intitula "o país do futebol"(quem tem todo o direito de tirar sarro dos adversários são os alemães que ganharam a Copa, ao contrário do ridículo "O Globo" que os chamou na capa da edição de ontem de "debochados", zoação sempre fez e sempre fará parte do futebol, politicamente correto às vezes enche o saco - as mulheres que o digam). Se nosso país fosse sério, com a monocultura do futebol que nós temos, deveríamos ter uma seleção dominante perante os demais países do mundo, mais ou menos como são os EUA com as suas seleções de basquete, o que falta aqui são dirigentes sérios, jogadores mais humildes, reciclagem dos treinadores e vergonha na cara.Nos clubes o buraco é mais embaixo porque nossa economia é apenas emergente, mas pelo menos na seleção pela forma como o esporte bretão é valorizado deveríamos ter uma seleção sempre nas cabeças. Monocultura do futebol que aliás, me faria naturalizar estrangeiro se eu fosse atleta profissional de algum esporte olímpico, apesar do Brasil ser no fundo bem legal. Nem o vôlei que ganha tudo é valorizado, quando passa na TV aberta(o que já é raro) fica disputando segundo lugar de audiència com o SBT, e times campeões(ou quase) como Cimed, RJ Vôlei ex-RJX e vôlei Amil não têm continuidade por corte de patrocínio... enquanto isso quem tem todos os holofotes para si... 7 X 1, tsc, tsc...

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Grade de programação da EVO 2014

Sexta 11/7

12:00

Super Smash Bros Melee - twitch.tv/srkevo1
Injustice - twitch.tv/srkevo2
Ultra Street Fighter IV - twitch.tv/capcomfighters

14:00

Tekken Tag Tournament 2- twitch.tv/srkevo2

16:00

Injustice - twitch.tv/srkevo2

18:00

Tekken Tag Tournament 2- twitch.tv/srkevo2

20:00

Tekken Tag Tournament 2- twitch.tv/srkevo1
Super Smash Bros Melee - twitch.tv/srkevo2

22:00

Ultra Street Fighter IV - twitch.tv/srkevo1

Sábado 12/7

12:00

Ultimate Marvel vs Capcom 3 - twitch.tv/srkevo1
Killer Instinct - twitch.tv/srkevo2

14:00

Super Smash Bros Melee - twitch.tv/srkevo2

16:00

Injustice -  twitch.tv/srkevo1

18:00

King of Fighters XIII -  twitch.tv/srkevo1
BlazBlue Chrono Phantasma -  twitch.tv/srkevo2

22:00

Ultimate Marvel vs Capcom 3 - twitch.tv/srkevo1

0:00

Killer Instinct - twitch.tv/srkevo2

Domingo 13/7

13:00

BlazBlue Chrono Phantasma -  twitch.tv/srkevo1

15:00

Killer Instinct -  twitch.tv/srkevo1

17:30

Super Smash Bros Melee -  twitch.tv/srkevo1

20:00

Ultimate Marvel vs Capcom 3 -  twitch.tv/srkevo1

22:00

Ultra Street Fighter IV -  twitch.tv/srkevo1

Comentário: Menos transmissões que no ano passado(esse ano não tem o canal srkevo3), concorrência com a Copa do Mundo... para o telespectador (ou, como diz o comercial da Claro, o Sofanático) esta EVO como um todo tende a ser inferior que a edição 2013... tende a ser, porque o prato principal, o torneio de Ultra Street Fighter IV, será o maior torneio da história da franquia. Tomara que no ano seguinte passem usar os 3 dias para Street, ou até mesmo estendam em um dia a mais o torneio, quem sabe... mas voltando ao torneio deste ano, são 16 os cabeças de chave, se eles cofirmarem o primeiro lugar em seus grupos, e chegarem invictos ao mata-mata, teremos os seguintes confrontos nas oitavas de final da chave principal:

Infiltration X Haitani
Tokido X Xian
Ryan Hart X Kazunoko
Momochi X Fuudo
PR Balrog X Sakonoko
K-Brad X Mago
Justin Wong X Bonchan
Ricky Ortiz X Daigo

Gostei bastante, se Daigo e Infiltration(meus jogadores favoritos do game) não perderem, só se enfrentarão em uma épica final da Winners Bracket. Meus palpites no bolão do Portal Versus incluem eles, é claro. Confira a lista dos meus palpites para os classificados para a fase final:

Daigo
Infiltration
Momochi
Sakonoko
Xiaohai
Ricky Ortiz
Smug
Dieminion

(pra não perder a piada e o embalo desta dose dupla de posts neste dia que marca o início do evento, enquanto você lê este post a Alemanha faz mais um gol)

Manto Sagrado entra para a história das Copas


A Alemanha vestiu seu uniforme reserva, desenhado pela Adidas para homenagear o Flamengo, o "Mais Querido" do Brasil, e, tendo como vestimenta o "Manto Sagrado", aplicou na última terça o placar de 7 X 1 em cima da Seleção Brasileira, na maior humilhação sofrida pelos donos da não mais temida "Amarelinha", gerando diversos sentimentos entre os brasileiros, numa mistura de tristeza, revolta e gozação com o fato.

(gol da Alemanha)

Segundo alguns comentários de jornalistas especializados, como por exemplo os de Record e ESPN Brasil, a Seleção pratica um futebol arcaico, pois nossos técnicos não se reciclaram. Lembrei da hora da triste sina do basquete brasileiro, que parou no tempo e, apesar de uma luz no fim do túnel com a NBB, nossas seleções que já ganharam Mundiais e medalhas olímpicas hoje são coadjuvantes no cenário mundial, e não conseguem se reerguer, chegando ao cúmulo do time masculino precisar de convite da FIBA para disputar o Mundial deste ano na Espanha daqui a menos de 2 meses, entrando na competição pela porta dos fundos. Será que este triste destino está reservado para o nosso futebol em um futuro não muito distante?

(gol da Alemanha)

Até na grade de tv o Brasil foi derrotada, a toda poderosa Globo teve que engolir os horários das partidas impostos pelas emissoras de tv da Europa, bagunçando a grade da emissora. Se dependesse dela, seria um jogo no horário da Fátima Bernardes, um jogo no horário da Sessão da Tarde, e um depois da novela das 9, seu horário preferido, igual foi no Pan 2007. Em toda Copa, apenas Costa do Marfim e Japão foi disputado neste horário. Bem feito, quando a briga é com gente do mesmo tamanho o buraco é mais embaixo!

(gol da Alemanha)

Resta saber agora se as emissoras vão colocar seu narrador principal para fazer o jogo do Brasil ou a final? Qual jogo é mais importante para elas? Qual jogo é mais importante para seu narrador titular? O Sportv já tinha definido sua escala antes do início da Copa, com Luiz Carlos Jr. narrando a final independentemente de ter Brasil ou não, o que deve deixar Milton Leite com o Brasil(ou será que Milton Leite vai narrar a transmissão em 4K de Alemanha X Argentina?). A Globo vai de Malão Bueno em ambos os jogos. A Fox Sports acha o jogo do Brasil mais importante mesmo não sendo decisivo e escalou João Guilherme em Brasil X Holanda(fonte: Papo de Bola). Resta saber o que vão fazer Band, Bandsports(em qual das duas o Datena vai narrar?) e ESPN Brasil.

(gol da Alemanha)

Meus palpites para o fim de semana: Brasil 1 X 0 Holanda e Alemanha 0 X 1 Argentina

(gol da Alemanha)

domingo, 6 de julho de 2014

A outra Copa do Mundo está chegando

A Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 está chegando ao fim, mas não é motivo de tristeza nem de ressaca por enquanto, simultaneamente com as finais da competições, será realizada neste fim de semana mais uma edição da Evolution, maior campeonato de jogos de luta do mundo, torneio anual que faz juz ao apelido de "Copa do Mundo dos jogos luta", principalmente por causa de seu principal torneio, o de Ultra Street Fighter IV, o maior torneio da história da franquia, com quase 2000 combatentes. Ultra Street Fighter IV, que tive o prazer indescritível e inigualável de jogar o game no dia do lançamento, lembrando o frisson de quando saía um jogo novo no fliperama, mas que depois de uma semana, puxei o freio de mão para priorizar meu segundo evento esportivo preferido: a Copa do Mundo, que só não acho mais divertida que as Olimpíadas. Mas voltando à Evo, vamos a alguns números da competição segundo os sites Shoryuken e Eventhubs:

Número de inscritos em cada game:

  • Ultra Street Fighter IV – 1979
  • Ultimate Marvel vs. Capcom 3 – 1014
  • Super Smash Bros. Melee – 970
  • BlazBlue: Chronophantasma – 508
  • Killer Instinct – 338
  • King of Fighters XIII – 319
  • Injustice: Gods Among Us – 311
  • Tekken Tag Tournament 2 – 257
Comentários:

1- Street Fighter cada vez mais forte, e com a nova versão recentemente lançada, promete um embate inesquecível. Pena que o torneio continua sendo disputado em apenas 2 dias, deveriam desembrar em 3, como fazem apenas com Smash Brothers. É o futebol dos jogos de luta.
2- Marvel tem tudo que o americano gosta: fácil de jogar, personagens americanos, é da Capcom. Seria um vexame para o game ser superado por Smash no número de inscritos. Não digo isso pela qualidade questionável do Smash, mas sim pelo status que a série de jogos de luta da Marvel tem no país-sede da EVO. É o basquete dos jogos de luta.
3- BlazBlue finalmente está onde merece, depois de três anos de ausência da Evo, alguns deles de forma inexplicável.
4- KOF mesmo sendo odiado pelos americanos consegue ser um dos jogos principais da Evo pelo terceiro ano seguido, e de quebra ainda conseguiu superar no número de inscritos um jogo tipicamente americano(Injustice) e um jogo com premiação bônus(Tekken Tag 2). Dadas as circustâncias, também é um jogo vencedor.

Estimativa de premiação para o TOP 8 de cada jogo(em dólares):

Blazblue Chrono Phantasma: $35,080
Ultra Street Fighter 4: $29,790
Killer Instinct: $13,380
Ultimate Marvel vs. Capcom 3: $10,140
Super Smash Bros. Melee: $9,700
Tekken Tag Tournament 2: $7,570
 King of Fighters 13: $3,190
Injustice: Gods Among Us: $3,110


10 países estrangeiros(leia-se de fora dos EUA)com maior número de inscritos da EVO 2014(o total de estrangeiros inscritos é de 836).
  • Canadá – 331
  • Japão - 127
  • México - 114
  • Austrália - 28
  • Reino Unido - 27
  • França - 23
  • Brasil - 21
  • Chile - 19
  • Alemanha - 15
  • Colômbia - 13
Ainda quero comentar sobre os cabeças de chave do torneio do Street Fighter, mas o post já está extenso demais, fica pra próxima

sábado, 5 de julho de 2014

Sobre as quartas da Copa

1- O técnico da, Holanda, Van Gaal, antes da decisão por pênaltis entre Holanda e Costa Rica deu uma jogada de mestre ao trocar o titular Cilessen pelo terceiro goleiro Krul no final da prorrogação. Seria tachado de burro pelo resto de vida se não desse certo, mas para a sorte sua de sua seleção, funcionou. É uma tática estranha e inédita para a grande maioria dos brasileiros, pois estes acham que o futebol é o único esporte que existe, mas a tática é bem comum em outros esportes com goleiro, como futsal e handebol.
2- Será que a Alemanha vai fazer cosplay de Flamengo terça-feira? Se der a lógica de sempre de um time jogar de uniforme claro e outro usar roupa escura, a resposta é positiva.
3- Globo como sempre manipulando o povo brasileiro por meio de Galvão Bueno ao vilanizar o colombiano Zuñiga pela entrada violenta em Neymar. Ele não foi maldoso, foi apenas imprudente. Futebol é esporte de contato(menos no Brasil) e como em todo lugar, acidentes de trabalho acontecem. Pior que isso só o Milton Neves comparando a contusão do Neymar com a morte do Ayrton Senna.
4- Palpites para as semifinais da Copa do Mundo: Brasil 0 X 2 Alemanha e Holanda 1 X 2 Argentina



PS: Hoje é dia de torcer pelo Lyoto Machida, o Ryu brasileiro do UFC.

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Palpites para as quartas de final

França 1 X 1 Alemanha
Brasil 3 X 2 Colômbia
Argentina 2 X 1 Bélgica
Holanda 3 X 0 Costa Rica

Falando nisso, eu não torço para a seleção, mas fiquei do lado deles em relação quanto às críticas generalizadas quanto a eles serem "chorões". Críticas essas que ainda mostram como ainda impera o nojento machismo em nossa sociedade.

PS: O que foi o Ricky Ortiz jogando o CEO 2014 com brinco de argola e unha pintada?

sábado, 28 de junho de 2014

Oitavas de final da Copa do 2014

1 - Meus palpites:

Brasil 4 X 0 Chile
Colômbia 4 X 2 Uruguai
Holanda 1 X 1 México(Holanda passa nos pênaltis)
Costa Rica 0 X 0 Grécia(Grécia passa nos pênaltis)
França 2 X 1 Nigéria
Alemanha 6 X 0 Argélia
Argentina 1 X 0 Suíça
Bélgica 1 X 2 Estados Unidos

2- Domingo, em Bélgica X Rússia, foi hilário a torcida do Flamengo chamando-os de "times sem vergonha" no Maracanã.
3- Ainda sobre o Flamengo, a Band com suas paulistanices evita dizer que a camisa reserva da Alemanha é em homenagem ao Flamengo e que o equatoriano Erazo joga no time.
4- Globo tendenciosa como sempre no Jornal Nacional dizendo que nos EUA a Copa do Mundo está tendo audiências maiores que a MLB e a NBA. É ruim, hein!
5- Na propaganda da Coca-Cola na Copa do Mundo veiculada esta semana, aparece um E. Honda do Street Fighter magro dando o clássico rururururu(aperte soco rapidamente).
6- O melhor jogador sul-americano de Ultimate Marvel vs Capcom 3, o chileno KaneBlueRiver, joga com o... Hulk. Curioso... já pensou a Seleção Brasileira derrotar o Chile com gols de seu xará daqui a pouco.
7- Como pude esquecer da mordida do Suarez entre os destaques da primeira fase no último post? Diga-se de passagem, punição lamentável, afinal futebol é um jogo viril.


quarta-feira, 25 de junho de 2014

Destaque da fase preliminar - a vitória do esporte





A primeira fase da Copa do Mundo do Brasil chega ao final amanhã, e reúno neste post alguns destaques dela:

1- Para começar, a vitória do esporte: finalmente, no futebol, o recurso da tecnologia passou a ser adotado em lances duvidosos, para ser mais específico, se a bola passou da linha do gol ou não, fazendo sua estreia em um jogo apitado por um árbitro brasileiro(França 3 X 0 Honduras) e sendo o lance capital alguns dias depois de Costa Rica 1 X 0 Itália. Os puristas que me perdoem, mas tecnologia no esporte é fundamental; ele já era adotado em praticamente todas as principais modalidades disputadas pelo mundo afora, só faltava o esporte bretão.
2- Ainda no jogo da França, Rogério Corrêa disse que o lance do pênalti que gerou a expulsão do jogador de Honduras foi o "Lance Combo". Então engato a segunda marcha e digo que a o lance do pênalti simulado do Fred em Brasil X Croácia foi "Lance Macete".
3- A primeira fase ficou marcada por várias zebras, que culminaram em eliminações precoces de seleções campeãs mundiais, onde Itália, Inglaterra e Espanha(este, o King Kong da Copa) foram pra casa já na primeira fase.
4- Pena que a torcida brasileira não se lembrou de gritar "Obina é melhor que Eto'o!" durante o último jogo da Seleção na fase de grupos.
5- Espero que o pênalti que resultou na eliminação da Costa do Marfim da Copa no fim do jogo contra a Grécia não resulte em uma tragédia similar com a que ocorreu com o colombiano Escobar na Copa de 94. Espero estar errado, mas temo por isso.
6- O último evento importante da primeira fase ainda está para ocorrer no momento em que este post é publicado. Será que irá ocorrer o iminente jogo de compadres entre Alemanha X Estados Unidos na tarde de amanhã?